Colunas‎ > ‎Sintonizando‎ > ‎

Sintonizando...

postado em 22 de mar de 2011 07:24 por André Luiz Covre   [ 22 de mar de 2011 15:58 atualizado‎(s)‎ ]
Nessa primeira edição do jornal eletrônico “Ciência e Tudo” gostaria, primeiramente, de expor que é com grande satisfação que participo desta iniciativa. É extremamente importante criar meios de acesso ao diálogo e à informação em todos os tipos de formação, e mais importante ainda, quando se vive um processo de construção do conhecimento em uma estrutura de ensino superior inovadora que começa a tomar forma em todo o Brasil.

Os novos desafios de formar profissionais multidisciplinares esbarram em expectativas, mudanças e muito trabalho... até agora, o tom do curso de Bacharelado em Ciência e Tecnologia é para muitos uma grande incerteza, porém “quem não desconfia de si, não merece a confiança dos outros”[1]. O que temos em mãos é fazer dessa incerteza sempre um mar de oportunidades e é nessa toada que se abrem milhões de possibilidades diante de cada um dos futuros profissionais que por ora ainda são aprendizes.

O ano de 2011 é quando os primeiros aprendizes que escolheram o BCT em Diamantina e em Teófilo Otoni terão que fazer uma nova escolha, mas afinal, qual caminho seguir? Buscar uma colocação no mercado? Continuar em um curso de Engenharia, qual? Trabalhar Ciência e Tecnologia em pesquisa acadêmica num curso de Mestrado? Ou mesmo associar conhecimentos acadêmicos com aplicação no Mercado em Mestrados profissionalizantes? Afinal, o que fazer? Quantos de nossos alunos não se fazem essa pergunta? Quantos de nossos discentes têm certeza dessas respostas? Quem de nós conhece o melhor caminho?

Todas essas perguntas, e as mais diferentes respostas, são apenas um reflexo de que o futuro depende de escolhas, e são destas escolhas que se formarão profissionais das mais diferentes áreas do conhecimento.

A coluna sintonizando vem com o intuito de trazer informação, possibilitar acesso a diferentes experiências de profissionais das mais diferentes áreas, mostrar a importância dos diferentes tipos de profissão e a necessidade do mercado em relação às novas profissões.... enfim, alimentar o leitor de idéias, para que seja menos difícil fazer escolhas profissionais e construirmos um futuro cada dia melhor.
_______________________________________
[1] Marquês de Maricá

Juan P. Bretas Roa – ICT
juan.roa@ict.ufvjm.edu.br

Comments